pessoa tirando foto de um prato de comida com o celular imagem ilustrativa texto seguro para celular

Como contratar seguro para celular? O que ele cobre?

Fazer um seguro para celular pode parecer algo bobo à primeira vista. Porém, esse é um tipo de serviço que pode trazer uma grande economia. Principalmente se você depende do aparelho para trabalhar e não pode correr o risco de ficar sem. 

O celular é um dos bens mais valiosos que uma pessoa pode ter. Não exatamente considerando a questão financeira — apesar de um dispositivo poder chegar facilmente à casa dos R$ 5 mil. Na verdade, ele é ainda mais valioso por causa da “vida” que carrega em seu sistema. 

São fotos, vídeos, conversas, documentos e outras diversas coisas que ficam armazenadas em uma aparelho.

Para se ter uma ideia da importância dos smartphones para o brasileiro, atualmente são mais de 230 milhões no País, de acordo com o último levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo.

Preparamos o texto a seguir para apresentar a você as vantagens de contratar um seguro para celular e os cuidados que deve tomar. Acompanhe a leitura.   

O que é seguro de celular?

O seguro para celular é um serviço que visa proteger smartphones e outros aparelhos de telefonia de possíveis roubos, perda, acidentes, furto, quebra etc. 

Essa é uma boa opção, principalmente para aquelas pessoas que contam com modelos mais caros, que necessitam de um investimento mais alto. Se qualquer situação que citamos acontecer, o segurado recebe uma indenização para lidar com os prejuízos.

Porém, esse tipo de seguro conta com alguns detalhes diferentes dos tradicionais serviços que protegem um objeto por longo período de tempo, como os carros. Os celulares encontram uma série de critérios e limitações para conseguir ter acesso a uma apólice. 

Isso acontece por causa da rápida evolução dos dispositivos, que acaba gerando perda de valor para os aparelhos “ultrapassados”. Basicamente, então, as seguradoras, na maioria dos casos, não aceitam assegurar celulares que possuem mais de um ano de uso. 

Além disso, a cobertura costuma ser limitada a até dois anos, dependendo da fabricante e modelo. O reembolso pode ser equivalente a, no máximo, 75% do valor pago na aquisição do aparelho. 

Para dar entrada no processo de contratação do seguro, é necessário apresentar a Nota Fiscal.

Importante destacar também que existe um período de carência para evitar que fraudes ocorram. A carência é o intervalo entre a contratação do seguro e a data que ele começa a valer. 

Descubra se seguro para celular vale a pena

Geralmente, as seguradoras de celulares oferecem algumas coberturas bem específicas. Isso não é padrão e pode variar entre as empresas. Cada uma determina o seu pacote básico e as coberturas extras disponibilizadas.

Danos físicos é uma das coberturas mais comuns. Ela paga indenização após quedas, problemas ocasionados por tentativa de roubo e acidentes.

celular com a tela quebrada e trincada
Os danos físicos ao celular são cobertos em casos de acidente.

Já quando a opção contra furtos é contratada, é necessário apresentar o Boletim de Ocorrência (BO) para solicitar a indenização. 

Outros problemas de que a seguradora protege o seu celular são danos elétricos causados por curtos, descargas e oscilações de energia quando ele estiver carregando.

Existe também a cobertura referente aos líquidos. Ou seja, queda do aparelho na água ou qualquer tipo de imersão a que ele for submetido por acidente. 

Por fim, algumas seguradoras permitem que você acione o sinistro em caso de problemas fora do Brasil. As regras para dar entrada no processo são as mesmas. A diferença é que, em caso de furto, é necessário apresentar um BO da polícia local.

Qual o melhor seguro para celular?

Na hora de contratar um seguro para celulares, é importante observar alguns fatores básicos. Por meio deles, será mais simples encontrar a proteção que combina melhor com suas necessidades. Veja a seguir. 

1. Avalie o preço

Primeiramente, avalie o preço do seguro, e se ele combina com o que você pode pagar.

As empresas analisam o valor de mercado do aparelho para estipular a quantia. Na maioria dos casos, a porcentagem chega a até 25%. Qualquer valor acima disso precisa ser analisado com cuidado, para que você entenda seu motivo. 

2. Estude o tipo de cobertura oferecida

Outra questão que precisa ser muito bem estudada é referente às coberturas que são oferecidas pela seguradora. Como vimos, as proteções podem ser bem diversas entre as empresas. Você precisa avaliar qual melhor se encaixa às suas necessidades. 

Por exemplo: se você é uma pessoa que viaja muito para fora do Brasil, o seguro que tem cobertura internacional tem grande valia. Agora, se um passeio internacional não está previsto, essa proteção será desnecessária — e vai deixar o seguro mais caro do que o esperado.

Outro ponto que precisa ser levado em consideração antes de escolher a sua seguradora é quanto as limitações do seu aparelho.

Nem todas as empresas estão dispostas a cobrir aparelhos com muito tempo de uso. Inclusive, dependendo do seu uso diário e dos riscos a que você expõe o celular, o valor pode ser mais caro. 

3. Identifique o tipo de indenização

Analise também, com cuidado, o tipo de indenização que cada empresa oferece.

É comum encontrar serviços que, ou reembolsam parte do valor de mercado do aparelho, ou consideram o que é gasto com conserto. 

Tente casar essa informação com o período de carência que cada seguradora pede para seus clientes.

Esse intervalo, na maioria dos casos, é equivalente a um mês. Durante ele, não é permitido acionar a apólice. Mais uma vez, leve em consideração as suas necessidades e avalie com cuidado cada proposta. 

Como fazer seguro para celular?

É bem simples contratar um seguro para celular. Comece pesquisando por uma corretora de seguros. Essas empresas contam com corretores que irão trabalhar junto com você para encontrar a melhor cobertura possível ao seu caso. 

Além disso, vale destacar que será esse profissional o responsável por facilitar diversos aspectos da sua jornada como segurado. Ele vai dar entrada no pedido de reembolso, irá apresentar diversas propostas para você, defenderá seus interesses junto à seguradora etc. 

A Quisto Corretora de Seguros está preparada para te auxiliar nesse processo. Para solicitar o seu orçamento, entrem em contato com a Quisto. Basta apresentar a sua necessidade, que faremos a melhor cotação para proteger o seu dispositivo.