Foto de um homem de blusa azul e bermuda preta, caminhando na beira do mar de mãos dadas com uma menina de roupa rosa. Imagem ilustrativa para texto tipos de seguro de vida.

Tipos de seguro de vida: saiba qual deles é o ideal para você

Você sabia que existem vários tipos de seguro de vida? Na hora de contratar o serviço você pode optar por aquele que melhor se encaixa nas suas necessidades. Entenda melhor a seguir. 

Quando queremos trazer ainda mais segurança para as nossas vidas, e garantir um amparo para situações futuras adversas, sempre pensamos em um seguro, não é mesmo? 

E o seguro de vida é o serviço recomendado quando pensamos em situações de morte e invalidez que podem transformar nossas vidas. 

Porém, o que muitas pessoas não sabem é que os seguros de vida não são todos iguais, e cada um é indicado para uma situação. 

Por isso, com tantas opções, é importante que você saiba as diferenças antes de contratar o serviço. Sendo assim, acompanhe a leitura a seguir. 

Quais são os tipos de seguros de vida?

No nosso dia a dia, estamos sujeitos a uma série de imprevistos que podem mudar as nossas vidas de muitas formas. 

É por isso que, mesmo com todos os cuidados, contratar um seguro pode ser a alternativa ideal para quem deseja mais segurança. 

E o seguro de vida é um serviço voltado para garantir a sua estabilidade e da sua família, caso algum imprevisto aconteça. 

Sendo assim, se você é responsável financeiro pela família e enfrenta uma situação adversa, com esse serviço você pode garantir a proteção financeira certa para os seus familiares. 

Além disso, o seguro de vida possui coberturas para te respaldar caso algum sinistro te impeça de levar a vida normalmente. 

Ou seja, temos uma proteção certa para que você ou seus dependentes não enfrentem dificuldades financeiras caso uma adversidade ocorra. 

Desse modo, esse serviço garante ao segurado uma indenização que será paga quando sinistros acontecerem. 

Assim, ao contratar o seguro, você deve se atentar a todos os detalhes do contrato e conferir se todas as coberturas são úteis para você. 

Porém, outro detalhe importante que deve ser ressaltado é que existem diferenças entre os tipos de seguro de vida.

Foto de uma pessoa de blusa preta na esquerda e uma pessoa de blusa branca à direita, dando as mãos para uma menina de roupa rosa no meio. Vemos uma rua. Imagem ilustrativa para texto tipos de seguro de vida.
O seguro de vida é a garantia de proteção para sua família.

E essas distinções podem incluir tempo do serviço e até as formas de resgate, por isso, você deve conhecer cada uma delas. Confira mais abaixo. 

Tradicional

Um dos tipos de seguro de vida mais conhecidos, é o chamado de tradicional, sendo um serviço que oferece cobertura vitalícia. 

Mas o seguro só oferece proteção enquanto está sendo pago, ou seja, ele pode ser cancelado quando o segurado não realiza o pagamento das parcelas. 

Sendo assim, neste serviço, você assina um contrato com a seguradora e tem a obrigação de quitar o prêmio periodicamente. 

Em contrapartida, a empresa tem como responsabilidade pagar a indenização que varia de acordo com os valores determinados no contrato e suas coberturas. 

Então, caso você venha a enfrentar um sinistro, deve entrar em contato com a seguradora para que ela garanta o amparo financeiro necessário para lidar com a situação. 

Ao fazer o contrato, além de estar segurado, você pode nomear outras pessoas para serem beneficiárias, como filhos e cônjuge. 

Desse modo, caso você venha a falecer, a seguradora irá indenizar os beneficiários para que eles não enfrentem nenhuma dificuldade financeira. 

Além disso, se você sofrer um acidente que resultou em invalidez, também pode solicitar a cobertura para lidar com o momento de instabilidade. 

Ou seja, temos um serviço que é ideal para construir um planejamento que impede você e sua família de enfrentar crises financeiras e até perder alguns bens. 

Com esse seguro você tem a tranquilidade de saber que em momentos de necessidade irá receber o amparo certo. 

Resgatável

Já o seguro de vida resgatável é muito conhecido como dois em um, já que além da proteção oferecida, pode ser uma forma de investimento. 

Isso acontece porque o serviço oferece ao segurado a possibilidade de resgatar um percentual do prêmio quando precisar dos recursos. 

O processo em si funciona de forma bem similar ao seguro tradicional, você contrata o serviço e realiza os pagamentos da apólice. 

Foto de três pilhas de moedas, com pequenas plantas em cima. Ao fundo vemos plantas desfocadas. Imagem ilustrativa para texto tipos de seguro de vida.
No seguro resgatável, você pode retirar a indenização quando precisar.

Sendo assim, o serviço irá te oferecer todas as proteções combinadas, o que inclui indenizações para situações de morte ou invalidez. 

Porém, a grande diferença, é que após o prazo de carência, você tem a opção de resgatar uma parte do prêmio caso precise. 

Em alguns casos também existe a possibilidade de você desistir do seguro, cancelá-lo e resgatar o valor investido. 

Como dissemos, os serviços e condições podem variar de acordo com a seguradora, por isso você deve tirar todas as dúvidas antes de contratar. 

Logo, é importante lembrar que geralmente o prazo de carência para resgatar o valor é de dois anos, mas quanto maior for o tempo de pagamento, maior será o valor que terá para resgate. 

Outra grande vantagem, é que esse seguro também garante rendimentos, porque parte do dinheiro pago é destinado para um fundo de resgate. 

Com isso, você pode ter dois serviços de uma só vez, garantindo sua proteção e contando com rendimentos pelo dinheiro investido. 

Temporário

Uma outra opção de seguro de vida que pode ser bem útil é de formato temporário, serviço válido por período determinado de tempo.

Ou seja, você pode contratar esse tipo de seguro de vida, quando deseja uma proteção mais limitada, sendo necessário para um período específico da sua vida.  

Imagine que você está cursando uma graduação, momento que exige uma estabilidade para lidar com todos os gastos. 

Sendo assim, para que você tenha segurança ao longo desse período e possa ter com um amparo certo caso um acidente aconteça, conte com um seguro. 

Mas você não está interessado em um seguro para a vida toda, e sim, algo mais momentâneo. Logo, a escolha certa é o seguro temporário. 

Assim, você encontra valores menores na apólice, por usá-lo em um período de tempo mais curto. 

Então, ele é uma boa alternativa para quem precisa de uma proteção a curto e médio prazo, visando a conclusão de determinados projetos. 

Foto de um calendário branco, com um círculo vermelho na data 18. Ilustração do texto tipos de seguro de vida.
O seguro temporário pode durar por um período menor.

Como os outros serviços, você pode garantir a indenização para situações de invalidez por acidentes ou morte.

A única grande diferença, é que a seguradora irá pagar essa indenização apenas por um período limite. Ao fim do prazo a empresa cancelará o seguro normalmente. 

Temporário decrescente

Entre os tipos de seguros de vida que você também encontra ao procurar o serviço é o seguro temporário decrescente. 

Essa solução é bem similar ao seguro temporário normal. A única diferença é que o valor pago pela seguradora tende a diminuir com o passar do tempo. 

Vamos supor que, ao contratar o seguro, você irá encontrar um valor do prêmio que pagará à seguradora de forma periódica.

Desse modo, você tem o direito de receber uma indenização de acordo com os valores que foram acordados ao fazer o contrato. 

Mas ao contrário dos outros seguros, em que esse valor tende a ser o mesmo durante toda a vigência do serviço, neste o valor da indenização diminui. 

Ou seja, a indenização paga pela seguradora tem um valor que diminui ao longo do tempo, até cessar totalmente ao fim do contrato. 

Assim, se você, por exemplo, ajuda seu filho a adquirir um determinado bem enquanto ele ainda não possui um emprego fixo. 

Logo, a tendência é que se ele arrumar esse emprego, se torne responsável pelo pagamento desse bem. 

Sendo assim, você decide contratar um seguro temporário, para ter a tranquilidade certa durante esse período. 

Porém, com a possibilidade de independência financeira desse filho, você precisará menos da indenização, não é mesmo? Então, esse seguro é ideal para a sua situação. 

Seguro de acidentes pessoais

O seguro de acidentes pessoais é muito recomendado para as pessoas que dependem das suas condições físicas para trabalhar e buscam mais proteção para o caso de invalidez. 

Porém, é bom deixar claro que esse serviço também oferece indenização para situações de morte, mas apenas quando ela acontece por acidentes ou mortes naturais, não são cobertas. 

Foto de uma mulher em um maca de hospital, com coberta bege em cima e vários tubos no braço. Ao lado vemos um aparelho. Imagem ilustrativa para texto tipos de seguro de vida.
O seguro pode realizar o pagamento das suas despesas médicas ao enfrentar um sinistro.

Sendo assim, o serviço oferece a indenização para sinistros que resultam em algum tipo de invalidez, e a seguradora pagará todas as despesas médicas. 

Com isso, outro detalhe é que essa indenização deve ser utilizada apenas para o tratamento e internação. Ou seja, você não tem a liberdade de usá-la para outros fins. 

Os preços dos seguros podem variar de acordo com diversos fatores, como o tempo de vigência, os riscos e as coberturas contratadas. 

Por apresentar uma abrangência limitada, a tendência é que você encontre preços mais baixos para contratar esse serviço. 

Um outro detalhe importante, é que em um seguro de vida comum, a tendência é que o valor da apólice aumente de acordo com a idade do segurado. 

Então, temos um serviço que deve ser mais caro quando a pessoa protegida é mais velha. Mas no seguro de acidentes pessoais isso não acontece, esse detalhe não é levado em consideração. 

Esse pode ser um serviço muito indicado para autônomos que buscam por segurança, caso enfrente algum sinistro que os impeça de trabalhar, e há despesas médicas a serem pagas. 

Com carência

A carência em um seguro consiste em um período de tempo que o segurado, mesmo contratando o serviço, não tem direito a receber a indenização. 

Esse detalhe existe para que as seguradoras não sofram com fraudes, caso as pessoas queiram apenas se beneficiar da indenização proposta. 

Porém, apesar de ser uma prática muito comum entre vários seguros, o seguro de vida não costuma ter o tempo de carência. 

Claro, existem excessões, como tentativas de suícido que a seguradora não realiza a cobertura antes do prazo de dois anos. 

Sendo assim, para evitar qualquer fraude e não exigir a carência, as seguradoras costumam exigir declarações de saúde e até entrevistas. 

O intuito é descobrir se a pessoa não possui nenhum tipo de doença grave ou em estado terminal, para que a seguradora descubra os riscos ao oferecer o serviço. 

Foto de um homem segurando um celular. Vemos ao lado uma mesa preta e um teclado branco. Imagem ilustrativa para texto tipos de seguro de vida.
Em seguros com carência, você não pode solicitar a indenização antes do prazo determinado.

Hoje você encontra a possibilidade de um seguro de vida com carência entre os vários tipos de soluções. 

Portanto, neste caso você não precisa apresentar declarações de saúde ou passar por processos que certifiquem o seu estado de saúde. 

Logo, para ter direito a indenização da seguradora, é preciso que você aguarde o período de carência, que nessas situações pode ser de 24 meses. 

Desse modo, caso aconteça um sinistro com você antes do fim desse prazo, a seguradora não se responsabiliza pelo risco. 

Saiba como escolher o melhor entre os tipos de seguro de vida

Agora que você conhece tantos tipos de seguros de vida, deve estar se perguntando como escolher um serviço adequado. 

Pois saiba que o momento de escolha de um seguro precisa ser feito com muita calma e pesquisa, já que você irá depender desse serviço depois. 

Assim, o primeiro passo é você conhecer as suas necessidades, riscos e objetivos. Esses fatores influenciarão no tipo de serviço que você precisa. 

Em seguida, não se esqueça de considerar todas as situações que podem ser cobertas pelo seguro. 

Afinal, as coberturas disponíveis são fatos importantes para determinar o tipo de proteção e em quais situações você pode contar com a ajuda da seguradora. 

Além disso, assim como qualquer outro serviço que você procura, é preciso analisar os valores e se eles estão de acordo com a sua renda. 

Por mais que você deseje ter uma proteção de qualidade, contratar o serviço não pode prejudicar o seu orçamento a cada mês. 

Da mesma maneira você precisa entender qual o prazo do seguro pretende contratar. Trata-se de uma proteção a curto ou longo prazo? 

Lembre-se também de conferir se você pretende ter um serviço normal, sem a possibilidade de resgate, ou que te possibilita retirar o prêmio quando necessário. 

Enfim, você deve analisar vários detalhes, de acordo com o que deseja e precisa. 

Foto de uma pessoa em cima de uma montanha em frente ao por do sol. Toda a imagem está em tons pretos e laranjas.
Ao escolher um seguro, você deve considerar todas as suas necessidades.

Por isso, uma ajuda ideal para se ter nesse momento, é a de um corretor de seguros. Esse profissional estará preparado para entender todas as suas demandas e procurar o serviço mais adequado. 

Ele também poderá te ajudar a entender todas as questões presentes no contrato e como elas serão úteis, além de encontrar uma solução com bom custo-benefício. 

Quais as coberturas de um seguro de vida?

Já conhecendo vários tipos de seguro de vida, você precisa entender também as coberturas que estão disponíveis ao contratar um serviço como esse. 

Em todos os seguros que você encontrar, seja para qual área, existem coberturas básicas e adicionais que podem ser fundamentais para sua proteção ao utilizar o produto. 

Por isso, acompanhe a seguir algumas coberturas que você pode contratar em um seguro de vida. 

Morte

Uma das principais coberturas quando falamos em seguros de vida, é a cobertura para morte. Afinal, a morte repentina de um ente querido pega toda a família desprevenida. 

Por isso, no seguro existe a cobertura para morte, principalmente a acidental, que realmente ocorre de forma inesperada. 

Além disso, em se tratar de cobertura para morte, você pode encontrar duas possibilidades distintas. 

Isso porque o seguro de vida tradicional já oferece a cobertura para morte, seja ela natural ou acidental. Mas você também pode contratar uma cobertura de morte acidental. 

Dessa forma, a indenização ganha um valor extra adicionado ao valor básico que a seguradora já iria pagar. 

Ao contratar um seguro, você garante que a sua família receba uma indenização adequada para lidar com toda situação, caso o titular do contrato venha a óbito. 

Invalidez

A cobertura para invalidez por acidentes, seja ela permanente ou temporária, também é muito visada por quem contrata um seguro do tipo. 

Esse serviço, em casos temporários, é muito útil para cobrir despesas durante o período que você não pode trabalhar e possui despesas médicas e demais gastos. 

Sendo assim, mesmo que fique um período de tempo sem trabalhar, e isso cause perda de renda, você não fica tão prejudicado financeiramente. 

Além disso, em situações permanentes, a seguradora pode realizar o pagamento de uma indenização proporcional à invalidez sofrida. 

Foto de uma cadeira de rodas com uma pessoa. Toda a cadeira é preta e ao fundo vemos uma paisagem com plantas.
Em situações de invalidez por acidente ou doença, você pode contar com a ajuda da seguradora.

Já no caso de invalidez por doenças, existem seguradoras que garantem a indenização total, e outras que disponibilizam uma espécie de renda vitalícia. 

Em qualquer caso, você possui formas de se proteger em situações inesperadas, e consegue manter a estabilidade financeira.  

Assistência funeral

Você já procurou saber quanto custa todos os serviços que envolvem um funeral? Saiba que os custos podem ser altos, por isso existe uma cobertura própria. 

Dessa maneira, na assistência funeral, a própria seguradora se torna responsável por fornecer o serviço e providenciar todas as etapas necessárias. 

Então, o processo pode incluir o translado do corpo, o funeral em si, sepultamento e até as formalidades envolvendo documentos necessários. 

Com essa cobertura, sua família recebe todo o amparo necessário e em um momento tão difícil, não precisa ter outras preocupações. 

Lembrando que uma opção que você também pode encontrar é o auxílio funeral, a grande diferença é que nele a seguradora reembolsa os gastos do serviço. 

Doenças graves

Ao contratar um serviço entre os tipos de seguro de vida, você provavelmente irá se deparar com a cobertura para doenças graves. 

Mesmo levando uma vida saudável e tomando todos os cuidados necessários, nem sempre podemos prever uma doença, não é? 

No caso das doenças graves, toda a vida do segurado pode mudar de uma hora para outra em função dos tratamentos e reflexos da doença.

Sendo assim, uma boa garantia é contratar essa cobertura em que a seguradora pagará a indenização para que a pessoa lide com a situação. 

Portanto, ressaltamos que a seguradora pagará a indenização mediante um diagnóstico comprovado da doença. 

Além disso, nem todos os tipos de doenças podem ser cobertas, por isso, é importante pesquisar os detalhes do serviço. 

Mas em geral, a solução oferece a cobertura para câncer, infarto agudo do miocárdio, Alzheimer, transplante de órgãos e outros. 

Viu como existem vários tipos de seguro de vida e cada um pode ser mais adequado para as suas necessidades? 

Se você gostou desse conteúdo, não esqueça de compartilhar com seus amigos e continuar acompanhando o nosso blog. 

Você também pode gostar de: Sinistro de seguro, você sabe o que é? Descubra agora! 

Ou então, se já quiser contratar um seguro de vida, cote com a Quisto Corretora de Seguros agora mesmo

A Quisto possui oito anos de experiência no mercado e oferece várias opções de contratos com seguradoras renomadas.